Portal da CIdade Itaituba

TDAH

Você pode ser um Adulto com TDAH! Transtorno déficit de atenção e hiperatividade

Normalmente quando se fala em Tdah, vem à cabeça a ideia daquele (a) menino (a), que não para quieto, bagunça tudo que vê pela frente.

Publicado em 27/07/2021 às 22:30
Atualizado em

Drª. Nayra Caliope atende no Cias, Centro Integrado de Atenção a Saúde (Foto: Portal da Cidade Itaituba)

Sim! Cerca de 3% da população adulta tem TDAH e não sabe. Antes acreditava-se que o TDAH acompanhava o indivíduo somente até a adolescência, mas já se sabe que este transtorno persiste até a vida adulta. Muitas crianças não são diagnosticadas na infância, por apresentarem sintomas leves que passam desapercebidos, mas na vida adulta podem ter uma série de prejuízos. A Drª. Nayra Caliope, psicóloga, especialista em saúde mental e avaliação psicológica, professora e atuante na área clínica, revela: "já atendi diversos casos de adultos que chegaram ao meu consultório com diagnósticos de depressão ou ansiedade e que tomavam medicamento, mas, não obtinham nenhuma melhora, porque na verdade essas pessoas sofriam de TDAH e não sabiam". Normalmente esse adulto com sintomas de déficit de atenção e hiperatividade dificilmente busca ajuda por esses sintomas, mas sim pela ansiedade e depressão e outras comorbidades causadas pelos prejuízos que o Tdah desencadeia


Prejuízos do TDAH na Vida Adulta

- Senti que seu desempenho é abaixo da capacidade intelectual

- Dificuldade de seguir rotinas

- Tédio

- Dificuldade de planejamento e execução das tarefas propostas

- Procrastinação

- Ansiedade diante das tarefas não estimulantes

- Frequente alteração de humor

- Frequentes esquecimentos, perdas e descuidos até mesmo com situações importantes

- Dificuldades para expressar suas ideias, colocar em prática o que está pensando/em sua cabeça

- Dificuldade para escutar e esperar a sua vez de falar

- Frequente busca por novas coisas que o estimulem; intolerância a situações monótonas e repetitivas

- Repetição frequente de erros, frequente falta de atenção com coisas simples


O que é?

Normalmente quando se fala em Tdah, vem à cabeça a ideia daquele (a) menino (a), que não para quieto, bagunça tudo que vê pela frente. Mas, vai muito além disso, trata-se daquele adulto que não consegue ficar muito tempo realizando uma tarefa, que demora para focar em uma atividade, mas quando foca é de maneira exagerada ou ainda aquela pessoa que tem mil e um pensamentos ou ideias de uma só vez, estão sempre produzindo.

De acordo com a Associação Brasileira de Déficit de Atenção, Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas. Identificada por dificuldade em privilegiar um foco e sustentá-lo com nível suficiente de atenção, modular níveis de atividade cognitiva e, em alguns casos, controlar comportamentos impulsivos.


Características

Caracterizado pelos sintomas de déficit de atenção, hiperatividade e impulsividade, esse transtorno pode ser classificado em quatro tipos:

tipo desatento – Esquecem as coisas, chave, celular, não enxerga detalhes, faz erros por falta de cuidado, apresenta dificuldade em manter a atenção, parece não ouvir, tem dificuldade em seguir instruções, desorganização, evita/não gosta de tarefas que exigem um esforço mental prolongado, distrai-se com facilidade, esquece atividades diárias;

tipo hiperativo/ impulsivo –  inquietação, mexer as mãos e os pés, remexer-se na cadeira, dificuldade em permanecer sentada, corre sem destino, sobe nos móveis ou muros, dificuldade em engajar-se numa atividade silenciosamente, fala excessivamente, responde perguntas antes delas serem formuladas, interrompem assuntos que estão sendo discutidos e se intrometem nas conversas;

tipo combinado –  quando o indivíduo apresenta os dois conjuntos de critérios desatento e hiperativo/impulsivo;

tipo não específico –  quando as características apresentadas são insuficientes para se chegar a um diagnóstico completo, apesar dos sintomas desequilibrarem a rotina diária.

Em pessoas não tratadas, os sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade podem levar a insatisfatório desempenho nas atividades escolares e laborativas, gerando baixa autoestima. O que afeta diretamente nas relações interpessoais.


Tdah adulto

Geralmente a pessoa com Tdah quando adulto tendem a ser um Workaholic, não sabem por limite ao tempo de trabalho, não se dão conta do excesso de tempo dedicado ao trabalho, sempre apresentam uma justificativa, mas começam a ter prejuízo nas relações afetivas, namoro, família. Normalmente são pessoas produtivas, criativas, de boa comunicação, uma das suas maiores dificuldades é parar, e quando o fazem não sabem o que fazer com o tempo livre, dificuldade para relaxar.

Podem ser extremamente inteligentes, mas tiram notas baixas em provas escritas, pelo fato de terem que sentar e se concentrar em algo. Alguns desenvolvem um traço de agressividade, e são mais propensos a provocar acidente de trânsito pois junta a impulsividade com a desatenção.

Já a mulher como não é tão agitada psicomotoramente, os sintomas visíveis são: o balançar constante das pernas, ficar mexer as mãos, falar demais, demorar para concentrar numa tarefa mas, quando despertar o interesse, focar demais.

Por vezes o TDAH é causa de suicídio, pois as pessoas acabam não se aceitando e entendendo, passam a se comparar, porque que um indivíduo consegue desenvolver certos tipos de tarefas que aparentemente são simples e para ele não. Porque as pessoas não acompanham seu raciocínio. São constantemente cobradas pela família e no trabalho por iniciarem tarefas e planos e não concluírem. Com isso a auto estima dessas pessoas é drasticamente abalada e algumas acabam tirando sua própria vida.


Adianta Tratar na fase adulta?

Sim, apesar do diagnóstico ser tardio na fase adulta, ainda se faz necessário, para melhorar a qualidade de vida, trabalhar às potencialidades, evitar sintomas de ansiedade e depressão que são causados pelados traumas que ficam diante dos prejuízos do Tdah não tratado. Quanto mais rápido for o diagnóstico e acompanhamento profissional menos será o abalo desse indivíduo e de sua família, tanto na infância, quanto na vida adulta, por isso a importância de se conhecer o assunto e de procurar um profissional especializado para auxiliar no tratamento.

Drª Nayra Caliope

CRP 10/04593

CiaS - Centro Integrado de Atenção a Saúde

5º rua, entre Justo Chermont e 15 de agosto, 259

Bela Vista - 68180-230 - Itaituba/PA

(93) 99143-0757 
Instagram | Whatsapp


Qual sua especialidade?

Publique seu conteúdo aqui na editoria Papo de Especialista do Portal da Cidade. Fale conosco pelo Whatsapp (93)99177-6752


Todas as informações e opiniões contidas neste artigo, seja em texto ou em vídeo, são de total responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade. 




Fonte:

Receba as notícias de Itaituba no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias